Casamento ou matrimônio é um vínculo estabelecido entre duas pessoas, mediante o reconhecimento governamental, cultural, religioso ou social e que pressupõe uma relação interpessoal de intimidade, embora possa ser visto por muitos como um contrato.

Um contrato é geralmente um acordo escrito com base em desconfiança, estabelecendo regras, condições e consequências caso o mesmo seja quebrado por uma das partes. Ele estabelece um período de tempo.

Já a aliança também é um acordo, um compromisso verbal baseado na verdade firmado entre um homem e uma mulher e que de acordo com o que Deus ensina, não deve ser quebrado. Não tem data de validade. É até que a morte os separe.

Respondeu-lhes Jesus: Não lestes que o Criador, no começo, fez o homem e a mulher e disse: Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher; e os dois formarão uma só carne? Assim, já não são dois, mas uma só carne. Portanto, não separe o homem o que Deus uniu.” Mateus 19:4-6

Você tem uma aliança ou um contrato com seu cônjuge?

O casamento é uma relação muito especial entre duas pessoas, não é uma relação de sangue, mas é uma relação de aliança que não tem cláusulas e por este motivo, não é um contrato. Ambos se comprometem perante a Deus a obedecer esta aliança, cuidar um do outro, fazendo o seu cônjuge feliz; é um compromisso para a vida toda. E quando você tem aliança com Deus e seu cônjuge, a força é redobrada e reforçada, vocês não são mais frágeis. Deus é um Deus de alianças!

“E, se alguém quiser prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” Eclesiastes 4:12.

No casamento, o anel não é aliança em si, representa os votos de uma aliança declarada publicamente e testemunhada por outros. O anel é apenas o símbolo de uma compromisso, a aliança o casal carrega no coração.

O fim de muitos casamentos se dá por diversos motivos, mas o sucesso ou fracasso do seu casamento está na valorização que você dá à sua aliança com o seu cônjuge. A verdadeira aliança é a que foi firmada com Deus diante do nosso cônjuge.

“O amor é paciente, o amor é bondoso. Não sente inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.” 1Coríntios 13:4-7

Quando você tem uma aliança, não importa o que aconteça, as dificuldades que você passa ao lado do seu cônjuge, os momentos bons ou ruins, ela não será quebrada, estará mantida. E por isso mesmo não deve ser banalizada a ponto de quebrá-la por qualquer motivo.

CUMPRA O SEU VOTO DE CASAMENTO! Não foque no que seu cônjuge não está fazendo. No dia do seu casamento, as palavras proferidas em seu voto foram sobre o que você faria e se cada focar em cumprir seu voto, sua aliança não será desfeita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *